Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irmão lúcia



Quarta-feira, 06.05.09

feira do livro # 4



amigos para siempre means you'll always be my friend e eu a achar que a filosofia de bolso do josé carreras cada vez tem mais aplicações, antes filosofia que bilhar dizem os mais kantianos, gente que irá morrer virgem e que nunca sairá da santo antónio dos cavaleiros natal, tenho a certeza, o bilhar tem as suas virtudes, catano, mas este post é sobre livros e derivados, sobre feiras, sobre a feira, para a qual sou atraído mesmo nos dias em que não estou lá na labuta, saio lampeiro do shopping center e aí vou eu, sobe e desce e carteira sob controlo mais ou menos férreo, ontem foi um dia desses, poupadinho, numa feira que é um objecto com o qual tenho uma relação fusional, para lá da simples relação simbiótica – aprendi esta com uma amiga que me anda a introduzir à psicologia, benza-a deus – e nesse rol de relações proporcionam-se momentos como o de ontem, 5 de maio, com umas imperiais mandadas abaixo na companhia de certos e determinados representantes de uma editora de culto, séria, respeitável, aliás, eu próprio respeito muito as imperiais e a sabedoria implícita à sua (delas) ordenha, outras gramáticas, o mesmo encantamento que se vai tendo com as literaturas, e foram esses marmanjos que me despertaram para a feliz coincidência que encima este post, os camaradas das edições avante paredes-meias com a ex-camarada zita, que lapso freudiano tão gostoso, aí está a psicologia de novo ao ataque, diria até que a frase estampada no interior wc municipal, mesmo ao fundo da ladeira foi criada propositadamente para ilustrar o erotismo latente entre estes dois pavilhões: "tenho o meo caralho xeio de tenssão". se quiserem libertá-la, à tenssão, a gente promete que não olha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 10:29


3 comentários

De Anónimo a 06.05.2009 às 22:59

A Zita não merece um galaico-português tão requintado. Avante camarada, arrebimba-lhe o malho!

De Anónimo a 07.05.2009 às 00:17

escreves sem maiusculas. ja ouvi dizer que o saramago também. e o lobo antunes.
mas assim parece uma poia. as poias é que não tem maiusculas, é tudo moído.

De pedro vieira a 07.05.2009 às 00:31

anónimo, anónimo, anda a ler os livros errados desses autores. ou então são edições marteladas, uma de duas.

Comentar post



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D