Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irmão lúcia



Quarta-feira, 26.05.10

eu sei que é mau, abuso de autoridade e o caralho mas uma miúda com este nome arrisca-se a passar a vida como se estivesse sempre a pedi-las

Dois jovens garantem que foram espancados, na madrugada desta terça-feira, no Bairro Alto, em Lisboa, por vários polícias, tendo sido uma das vítimas obrigada a uma intervenção cirúrgica ao maxilar.

Vasco Dias, 19 anos, e Laura Diogo, 18 anos, encontravam-se perto do Largo Camões quando a jovem começou a fazer «percussão» num caixote do lixo. «Um indivíduo à civil, que não se identificou, começou a mandar-me calar em tom agressivo e a chamar-me nomes. Até me deu um estalo», contou Laura ao tvi24.pt.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 09:56


8 comentários

De David a 26.05.2010 às 22:06

Eh, pá! Já ninguém se lembra da Laura das Doce para perceber a piada. De qualquer forma, está bem esgalhada.

De Maria Fonseca a 26.05.2010 às 22:36

Ai não que não lembra. O meu paizinho e os da idade dele, ainda hoje não se esqueceram.

De Beijo de Mulata a 26.05.2010 às 23:11

Muito obrigada ao David. É curioso como passei o dia a matutar em todas as combinações fonéticas do nome que poderiam dar origem a algum trocadilho e nem me passou pela cabeça que essa tal de Laura Diogo fosse a celebridade que deu origem a um dos mitos da geração de 80...

De Pedro Vieira a 26.05.2010 às 23:41

assim é que é bonito, o bloguer lança o barro à parede e o comentador enquadra. depois outros cimentam.

De Beijo de Mulata a 27.05.2010 às 00:01

Ora pois é. Bonito mesmo. Temos a bíblia e depois vamos aos comentários dos exegetas culturais ver qual foi a sua leitura do texto sagrado. No decurso deste processo, por vezes o menos importante de tudo é o sentido original...

De LAM a 27.05.2010 às 00:13

assim mesmo Vieira, obriga-os a ir à net, ao google e à página da Ana Malhoa para eles saberem o que custa frequentar um blog entelectual de coltura e merdas adjacentes.

De catarina a 27.05.2010 às 17:49

somos uns doces

pois é, a poluição sonora agora dá direito a maxilares partidos, se calhar a piada é que a PSP devia intervir à paulada no imaginário musical dos portugueses e, então, talvez as doces nos tivessem voado do pensamento. acrescento que temos a polícia que merecemos, brutos, porcos e maus, a soprarem-nos ameaças ao ouvido, porque nós nunca fazemos barulho, somos uns docinhos

De Maria Fonseca a 28.05.2010 às 00:59

Sempre às ordens, cavalheiro Pedro.

Comentar post



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D