Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irmão lúcia



Sexta-feira, 28.05.10

diário da feira do livro, tomo 8

com a feira a chegar ao fim é a casa-de-banho ao fundo do parque que começa a abrir brechas, ao contrário dos pavilhões que se aguentam firmes mesmo com chuva, arraial de benfiquistas e sua santidade, já no ano passado não foram tão eficazes, deixaram entrar águas e até me arruinaram um teclado, depois veio a cola siliconada que se estendia em modo gigantesca teia de aranha, enfim, um fartote, mas dizia, o wc já dava conta de dois urinóis inutilizados e um cubículo daqueles com sanita e mensagens convenientemente fechado para balanço, ao contrário das barraquinhas da Olá que andavam de vento em popa a vender centenas de gelados fizz, iguaria recentemente ressuscitada pelo lobby dos consumidores com o nuno markl à cabeça, facto que eu desconhecia e que me tem levado a consumir o amaricado solero exotic quando podia andar a lamber em modo verde fluorescente como as centenas de indivíduos que vi passar por entre os tomos do tratado de direito civil, quer dizer, bem fiz eu em manter-me perene no meu posto de trabalho já que na única investida que fiz aos alfarrabistas da rampa contrária fui brindado com um sonoro arroto do responsável da arquimedes livros, caramba, como um troar de canhão, deve ter-lhe caído mal o fizz, coisas que acontecem, aliás, durante a tarde houve outros momentos sonoros assustadores patrocinados pelos altifalantes da feira, se por um lado destacavam o saber sexual das crianças a quem os quisesse ouvir, ainda por cima naquele parque, valha-me deus, por outro convidavam os visitantes a passar pelo stand das paulinas onde havia sessão de autógrafos relativa ao livro querido papá. que afinal se chamava querido papa. o bento XVI não haveria de gostar destas indiscrições. não haveria, não.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 13:11


2 comentários

De aviador a 29.05.2010 às 12:57

essa da cola SILICONADA dava para uma javardice do Ruca.
Fica a provocação!

De Pedro Vieira a 30.05.2010 às 23:10

estava capaz de jurar que já usei uma anal ogia do género com o meu ruquinha

Comentar post



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D