Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irmão lúcia



Quarta-feira, 30.10.13

lei das probabilidades é mas é o caralho

emigram 300 pessoas por dia. nenhuma é do governo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 15:16

Quarta-feira, 30.10.13

no último irmaolucia, levanta-te lázaro

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 13:04

Segunda-feira, 28.10.13

sempre que Sandro vê demagogos como Portas a falarem sobre a Grécia, recorda-se deste bonito soquete dentro da vida de brian

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 12:56

Sexta-feira, 25.10.13

vem daí. também podes indignar-te nas redes e actualizar o facebook na rua, hoje em dia há 3G em todo o lado.

rabiscos vieira

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 13:06

Quarta-feira, 23.10.13

Manuel Medeiros



soube hoje da sua morte pelo facebook do Gonçalo. há anos desenhei-o assim para a LER, carregado de livros, tomado por eles. até sempre Manuel Medeiros; as livrarias, os livreiros, o saber, a Culsete, ficam mais pobres. logo numa altura em que não devíamos prescindir de nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 12:01

Terça-feira, 22.10.13

na cama com o Bruno



há dias alguém me disse "tens de ler o livro do Bruno, de certeza que vais gostar", isto porque sou assim, previsível, razoavelmente transparente, costumo andar com as preferências à mostra, e quem mo disse não se enganou, gostei e muito, mas é natural, pessoas que tenham nascido nos setentas tendem a rever-se nas referências dos oitentas, menos modern talking, mais café instantâneo brasa e carros majorette, artifícios aos quais o Bruno recorre com mestria para construir uma narrativa em que também ele, autor, se faz transparente, percebe-se onde cresceu, o que viu e viveu, e a isso foi somando a mão segura da escrita, a melancolia, o humor, a amargura, tudo nas doses certas, mais um manancial de personagens trazidos à liça pelo narrador, aliás, é nesse manancial que se apoia o romance, e essa escolha de fio condutor é aquilo de que menos gosto n'as primeiras coisas, preferia um entrelaçar a este elencar de gente, mas enfim, autor é sinónimo de soberano, e as histórias que vai desfilando, e o cuidado que põe nelas, e as emoções que convoca (olá dona Beatriz) fazem com que eu ceda às opções de elenco em ordem alfabética, e lá ao fundo o narrador, assistindo impávido à sua própria destruição, como se fosse um camus habituado a usar os cacilheiros, ou os catamarãs da soflusa, para ser mais exacto, desfazendo-se entre viagens com destino à margem certa, e eu encantado com estas 300 páginas, nas quais o Bruno não quer ver ponta de neorrealismo, mas engana-se, nem todas as histórias metidas nesse saco prometem amanhãs que cantam, algumas há que se limitam a anunciar a mesma terra de merda sobre a qual poisamos os pés e que se recusa a decompor-nos os corpos, a puta, enfim, acrescento só que li mais de metade do livro numa única noite, deitado na cama ao lado da minha mulher, que dormia o sono dos justos e dos trabalhadores, enquanto eu, folgazão, desbastava páginas à velocidade da luz. da luz da madrugada, entenda-se. as primeiras coisas recomendam-se, e muito, e por isso perdoo ao Bruno ter confundido um desodorizante com um todo-o-terreno. é que a coisa chamava-se 8x4 e não 4x4, homem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 15:01

Segunda-feira, 21.10.13

entrevista do socas, um balanço

só faltou dizer que o schauble nunca se levantou para o cumprimentar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 12:04

Quinta-feira, 17.10.13

espaço pub

hoje às 18h30 a Karla Suárez fala no Instituto Cervantes sobre amor e literatura. eu, tipo, faço malabares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 09:22

Segunda-feira, 14.10.13

ryszard



numa passagem do estupendo e agora repescado "mais um dia de vida", ryszard kapuscinski diz que gostaria de ter tido um passe, um salvo-conduto irrevogável, que lhe permitisse deslocar-se sem problemas pelas zonas críticas de uma angola mergulhada na guerra. coitadinho. bateu a bota sem saber que essa palavra, irrevogável, também já morreu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 14:11

Domingo, 13.10.13

marianos

como a imagem de nossa senhora viajou em executiva até roma, a procissão de ontem em fátima fez-se em louvor de uma cópia. sentado à direita do pai, onde tem lugar cativo, andy warhol esboçou um sorriso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 11:16

Pág. 1/2



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



subscrever feeds