Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irmão lúcia



Quarta-feira, 16.02.11

geração à rasca

em protesto no dia 12 de março. para já, há blogue e facebook.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 18:14


2 comentários

De drCursor a 17.02.2011 às 14:33

E a manifestação a sério uns dias depois... Fora do todo o hype e mediatismo http://www.cgtp.pt/

http://www.facebook.com/#!/event.php?eid=130039553732506¬if_t=event_invite

De drCursor a 18.02.2011 às 11:13

A Rua

"Sempre que a CGTP convoca uma manifestação aparece o coro dos desalentados a teorizarem sobre a eficácia das acções massas e sobre a necessidade de se encontrarem novas formas de luta mais eficazes.



Quando é marcada uma Greve Geral são os mesmos a afirmar que não serve para nada, que apenas significa a perda de um dia trabalho e que no dia seguinte tudo continuará na mesma.



Quando há uma greve de transportes ouvimos dezenas de entrevistas a utentes que, obviamente, se sentem prejudicados pelo facto de não poderem usar aquele meio de transporte para se deslocarem para o trabalho. Algumas vezes até manifestam solidariedade com os trabalhadores em luta, mas vão sugerindo que deviam fazer uma greve que não afectasse ninguém.



Nas últimas semanas conversei com muita gente sobre a revolta popular no Egipto e fui confrontado com o entusiasmo com que alguns dos que acham que essas coisas das manifestações não servem para nada, dedicavam ao assunto.



Percebia-se que estavam a viver intensamente a luta do povo egípcio, acompanhando a par e passo as noticias da televisão e não perdendo uma imagem panorâmica da praça onde os manifestantes se concentravam.



Nas redes sociais multiplicaram-se as opiniões e análises, mas quase todos afirmaram o imenso poder que uma praça cheia pode ter, quando se trata de lutar por causas justas.



Confesso que fiquei surpreendido com esta rendição à utilização da luta de massas como forma de resistência a políticas iníquas e injustas.



A CGTP convocou para 19 de Março uma manifestação nacional contra o desemprego, as injustiças e as desigualdades e por uma mudança de política.



Ora aí está uma oportunidade para todos aqueles que se entusiasmaram com as manifestações que viram pela televisão, mas que não participam naquelas que podem porque "não vale a pena", de saírem à rua e manifestarem o seu desagrado com esta política que vai empurrando a maioria para o abismo para salvar os lucros de uns poucos.



A ser assim iremos ter a maior manifestação de sempre em Portugal e será um sério aviso ao Governo, constituindo-se como uma verdadeira moção de censura, mas carregada de eficácia.



Pelo exemplo do Egipto e da Tunísia, ficaram os desalentados a saber que afinal as manifestações de rua não são coisas do passado e até resultam.



Vamos lá para rua demonstrar o descontentamento com esta política. Daqui até 19 de Março é tempo de mobilização. Se possível ainda com mais entusiasmo com que acompanhámos as lutas dos outros povos."

Comentar post



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D