Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irmão lúcia



Terça-feira, 28.06.11

gonçalo m. tavares vence Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores com Uma Viagem à Índia

 

 

© rabiscos vieira

 

 

é como se diz no futebol, estamos todos de parabéns. we, the people.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 01:02


1 comentário

De truk a 28.06.2011 às 12:05

está gordinho - como parece?

pudera, com tantos prémios, deve dar para bons bifes.
eu, pé rapado, ainda ontem apanhei uma dor nos maxilares de tanta pressão para roer a porcaria de uma costeleta de porco que comprei nos porcos dos donos dos Supermercados. só espetando-lhes com as costeletas no focinho.
o M. Tavares é uma espécie de Mourinho da escrita. mas com a simplicidade do ministro da economia - que despe o casaco quando está calor e gosta que o tratem só por Álvaro: Ó Álvaro isto, Ó Álvaro aquilo, quando é que transformamos a Califórnia no PORTUGAL dos Estados Unidos?

gosto sinceramente. já o seu antecedente Cunhal começou assim, e eu até achava maravilha: o Álvaro, ministro sem pasta (feito eu), em mangas de camisa, no banco da frente do carro do governo, ao lado do cofér , e eu - porra , agora é que vai ser, vejam só o exemplo.

já o Passos Coelho e as economias dele de viajar em turística no que é que aquilo deu? a TAP, que não tem medo nenhum de ser privatizada, sem respeitar o estado de graça, o período de nojo do senhor, vem apregoar aos 7 ventos a nulidade do altruísmo do respeitável novel primeiro ministro.
que qualquer dia ameaça viajar de Expresso para as cimeiras europeias, isto enquanto não puser ele-próprio
o TGV em cima do carril.

bom. queiram desculpar a tamanheza e o despropósito deste desabafo, até que eu entrei aqui por outro motivo
- que é a onda de decoro que está tsunaminando esta língua de praia oceânica, começando por proibir que os/as ciclistas de uma manifestação em prol do Ambiente
fossem eles-próprios proibidos de pedalar como a Natureza os deitou ao Mundo.

por este andar, não tarda acabam mesmo com o desplante do piscar de olho com que José Rodrigues dos Santos termina invariável e abusivamente a leitura dos noticiários da Antena 1.

vão ver

Comentar post



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D