Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

irmão lúcia



Sexta-feira, 04.01.08

boas notícias

caíu o sinal vermelho para os camelos do dakar, lançar areia de esguicho sobre os pretinhos agora só para o ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 23:05

Sexta-feira, 04.01.08

boas notícias

caíu o sinal vermelho para os camelos do dakar, lançar areia de esguicho sobre os pretinhos agora só para o ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 23:05

Sexta-feira, 04.01.08

a galinha da minha vizinha é sempre melhor do que a minha # não sei quantos


bem prega frei ASAE, estreada no sítio do costume


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 22:55

Sexta-feira, 04.01.08

a galinha da minha vizinha é sempre melhor do que a minha # não sei quantos


bem prega frei ASAE, estreada no sítio do costume


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 22:55

Sexta-feira, 04.01.08

amizades imperfeitas # 64

Sandro anda rasgadas loas ao talento de jonathan littell, já Ruca não sabe nada sobre nazismo mas garante que benevolentes são as gajas que deixam ir ao cu no primeiro encontro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 01:01

Sexta-feira, 04.01.08

amizades imperfeitas # 64

Sandro anda rasgadas loas ao talento de jonathan littell, já Ruca não sabe nada sobre nazismo mas garante que benevolentes são as gajas que deixam ir ao cu no primeiro encontro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 01:01

Quinta-feira, 03.01.08

a quarta lista

quem me conhece sabe que sou um psicótico da música. quem não me conhece não sabe o que perde. adiante, deixando para trás a modéstia, não confundir com a molestia, ayudame, que la tiengo, à moléstia, una moneda per favore, tengo fuome e doenza, que ainda não chegámos à roménia embora às vezes pareça que sim. a metodologia é a do costume, não importa a data de edição do disco, importa se rodou muito nos meus ouvidos durante o ano que passou, passou, whatever will be, will be. cá está o lastro musical a infestar, a fazer-se notar como uma golfada regurgitante de um zombeteiro de fim-de-ano amancebado com uma stolichnaya, só para armar. estes foram os dez que mais bombaram por aqui.











uma consideração sobre os the national, disco the boxer, que não incenso. segui a sugestão de há meio ano atrás do sérgio e ouvi-o com redobrada atenção, concluindo que as notícias sobre a sua genialidade são manifestamente exageradas. no meu parco entender temos metade de um óptimo álbum. a outra metade ficou com o novo dos bloc party, que também não me encantou por inteiro, o que lamento por gostar imenso do okereke e do seu baterista metronómico. a terminar o balanço o vídeo da canção mais infecciosa do ano aqui para o rapaz. sendo genericamente um moço afilhado do rock rendo-me perante o génio pop orquestral do kanye west. até me pôs a gingar sozinho pela rua fora, o cabrão do preto.



Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 11:07

Quinta-feira, 03.01.08

a quarta lista

quem me conhece sabe que sou um psicótico da música. quem não me conhece não sabe o que perde. adiante, deixando para trás a modéstia, não confundir com a molestia, ayudame, que la tiengo, à moléstia, una moneda per favore, tengo fuome e doenza, que ainda não chegámos à roménia embora às vezes pareça que sim. a metodologia é a do costume, não importa a data de edição do disco, importa se rodou muito nos meus ouvidos durante o ano que passou, passou, whatever will be, will be. cá está o lastro musical a infestar, a fazer-se notar como uma golfada regurgitante de um zombeteiro de fim-de-ano amancebado com uma stolichnaya, só para armar. estes foram os dez que mais bombaram por aqui.











uma consideração sobre os the national, disco the boxer, que não incenso. segui a sugestão de há meio ano atrás do sérgio e ouvi-o com redobrada atenção, concluindo que as notícias sobre a sua genialidade são manifestamente exageradas. no meu parco entender temos metade de um óptimo álbum. a outra metade ficou com o novo dos bloc party, que também não me encantou por inteiro, o que lamento por gostar imenso do okereke e do seu baterista metronómico. a terminar o balanço o vídeo da canção mais infecciosa do ano aqui para o rapaz. sendo genericamente um moço afilhado do rock rendo-me perante o génio pop orquestral do kanye west. até me pôs a gingar sozinho pela rua fora, o cabrão do preto.



Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 11:07

Quinta-feira, 03.01.08

abrir os posts de 2008 com os balanços de 2007 ou da terceira lista irmaolucia

os blogues. dão-se prémios, fazem-se rankings, cumprimentos e salamaleques, cospe-se no prato em que se come, vide o relambório do Calimero no Público do último sábado para se apreciar uma boa sessão S&M de final de ano. os meus favoritos andam genericamente pela barra lateral. visito diariamente uma boa parte deles. depois há os casos patológicos, onde vou mais do que uma vez por dia, mesmo que por vezes alguns deles se marimbem na massa crítica de leitores e façam posts de quando em quando, os cabrões. mas com respeito. no bom estilo booker prize cá vai a shortlist desses tais, que são mais do que dez, e esta dezena é portanto uma espécie de mais-que-tudo, com estima, carinho, ramos de flores e postais perfumados e toda a parafernália rebarbativa-foleira a que têm direito:

zero de conduta
arrastão
auto-retrato
bandeira ao vento
estado civil
ana de amsterdam
womenage a trois
cinco dias
last breath
vida breve

postai e multiplicai-vos, lá dizia o outro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 10:51

Quinta-feira, 03.01.08

abrir os posts de 2008 com os balanços de 2007 ou da terceira lista irmaolucia

os blogues. dão-se prémios, fazem-se rankings, cumprimentos e salamaleques, cospe-se no prato em que se come, vide o relambório do Calimero no Público do último sábado para se apreciar uma boa sessão S&M de final de ano. os meus favoritos andam genericamente pela barra lateral. visito diariamente uma boa parte deles. depois há os casos patológicos, onde vou mais do que uma vez por dia, mesmo que por vezes alguns deles se marimbem na massa crítica de leitores e façam posts de quando em quando, os cabrões. mas com respeito. no bom estilo booker prize cá vai a shortlist desses tais, que são mais do que dez, e esta dezena é portanto uma espécie de mais-que-tudo, com estima, carinho, ramos de flores e postais perfumados e toda a parafernália rebarbativa-foleira a que têm direito:

zero de conduta
arrastão
auto-retrato
bandeira ao vento
estado civil
ana de amsterdam
womenage a trois
cinco dias
last breath
vida breve

postai e multiplicai-vos, lá dizia o outro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 10:51

Pág. 13/13



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


subscrever feeds