Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

irmão lúcia



Quinta-feira, 28.06.07

a pausa para jantar

ambiente ao rubro para jantar na leitaria condestável, eufemismo para tasca, tugúrio hardcore que serve a tal bifana que impede que nos constipemos por dois ou três anos, antibiótico em forma de molho e colorau, mesas repletas, atasco-me à do senhor joão, habitué do copo três sem humores para os sólidos e lanço o pedido à donzília, trinómio sopa-bifana-imperial, hoje é dia de caldo verde, com tora, só uma é chouriço se fossem três era kurosawa, as conversas rodam à volta do mesmo, o senhor joão se não come ainda vai parar ao hospital, o determinismo cego do homem fá-lo alvitrar uma vida até aos 100 anos, o gordo da mesa de trás incita à perda de peso, se as calças lhe ficarem a nadar passam para mim, suponho que sem irem à lavagem, que isso é vocábulo que se dá ao alimento dos porcos, e na leitaria sopra a dignidade do tinto da casa com a parede por amparo, na mesa ao fundo três mulheres de olhos encovados e faces idem fornecem jantar a um petiz, o pires da bifana do miúdo tem de ser mais pequeno, apesar de pagar o mesmo pelo sucedâneo de mostarda sem rótulo à vista, eu a debicar as cerejas e a tv sintonizada no 4 a incentivar-me a voltar ao turno, de livro da quidnovi no sovaco, esse tal quidnovi deve vir para o benfica e assim for é reforço pela certa, quatro euros e noventa e cinco, estugo o passo e penso que as coisas que me reconfortam saem em conta e com este tipo de ambições nunca chegarei a comprador de livros de gestão, com títulos a dar para o engraçadinho, páginas de lobos com títulos que nem o cordeiro mais ridículo aceitava. quem mexeu no meu queijo? foda-se, vivam as bifanas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pedro Vieira às 23:23


1 comentário

De ropa a 30.06.2007 às 21:04

os meus parabéns, um belo exercício de observação digno de um antropólogo!

Comentar post



pagamento de promessas para

irmaolucia[arroba]gmail.com

teologia de pacotilha (descontinuado)

professor josé cid

o meu outro salão do reino (descontinuado)

Arrastão



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D